IAB Campinas

Blog

08
abr

Quanto vale um projeto? Curso ministrado por Odilo Almeida foi um sucesso!

O curso promovido em conjunto, pelos Departamento SP, Núcleo Jundiaí e Núcleo Campinas foi um sucesso.

Odilo Almeida Filho, Presidente do CAU/CE e Diretor do IAB/CE ministrou o curso nas cidades de São Paulo e Jundiaí, para mais de 80 Arquitetos, nestes dias 07 e 08 de abril de 2015.

Durante sua apresentação, várias dúvidas e questionamentos foram feitos por uma platéia ativa e participativa. Odilo comprovou a eficácia e profundidade da tabela, que considera todos os custos incidentes numa prestação de serviços de projetos de arquitetura, desde encargos e tributos até custos diretos e indiretos.

Ao final de toda a explanação, foi unanime o entendimento de que os arquitetos realmente subestimam seus trabalhos, e acabam por ter prejuízos em projetos com orçamentos deficitários.

Ao confrontar as duas formas de mensuração do custo de um projeto, conseguimos notar claramente que a tabela está alinhada com as realidades inerentes a nossa atividade. Mais do que um sonho, a aplicação desta tabela é uma necessidade a saúde financeira dos escritórios de arquitetura.
Alan Cury – Presidente do Núcleo Regional Campinas do IAB

Odilo abordou também, maneiras de aplicação de descontos aos clientes, sem que com isso, prejudique os custos operacionais dos escritórios, e até mesmo os colegas autonomos.

A tabela foi desenvolvida, não para que os Arquitetos percam clientes, mas sim para que os Arquitetos não percam Dinheiro. Estes elementos são uma ótima ferramenta de administração.
Odilo Almeida Filho – Presidente do CAU/CE e Diretor do IAB/CE

Mais do que uma ferramenta de parametrização, esta tabela do CAU – válida para todo o Brasil – é uma colaboração oficial de uma Autarquia Federal, que auxiliará nas contratações públicas, licitações e também no grande mercado em que atuam boa parte dos Arquitetos Brasileiros.

Este evento, promovido entre 3 regiões importantes do IAB no estado de São Paulo, permitiu uma checagem bastante convincente por parte dos Arquitetos, que puderam apresentar suas realidades regionais, e entender que a tabela é realmente funcional
Rosana Ferrari – Presidente do Núcleo Aglomerado Urbano Jundiaí do IAB

A tabela é uma realidade, e está atual. Porém, se faz necessário uma força-tarefa de convencimento para que o CAU/BR nomeie uma Comissão Permanente de Ajustamento e Manutenção da Tabela, para que ela acompanhe a dinâmica viva da Arquitetura e do Mercado.
Roberto de Castro Melo – Diretor da AsBEA – Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura

IMG-20150408-WA0014