IAB Campinas

Blog

Visita de Pesquisadores de Aveiro-Portugal ao Prefeito_Foto Luiz Granzotto_B
31
out

IAB presenteia Portugueses e o Prefeito de Campinas com gravura de arquiteto artista-plástico campineiro

Gravura feita com Café Artista Rodolfo Guarnieri

Obra foi selecionada por representar uma série de simbologias ao Núcleo Regional Campinas do IAB

Série de 6 gravuras similares retrata o Palácio dos Jequitibás de Campinas/SP, com objetivo de comemorar os 57 anos do Núcleo Regional Campinas do Instituto de Arquitetos do Brasil.

Foram agraciados com as peças exclusivas, os colegas portugueses Aníbal Costa e Alice Tavares (palestrantes convidados do Fórum Internacional sobre o Patrimônio Arquitetônico), e também o Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal de Campinas Jonas Donizette. As outras 3 gravuras integrarão os acervos artísticos do Instituto de Arquitetos do Brasil, no Diretório Nacional, no Departamento São Paulo e no Núcleo Regional Campinas.

“Pedi ao Senhor Prefeito para que esta obra faça parte do acervo de seu Gabinete no 4º andar do Palácio dos Jequitibás, para que essa linda história não seja esquecida. No verso da obra, há um texto justificativo.” Disse o Presidente do IAB Campinas Alan Cury.

O Arquiteto e Artista Plástico Campineiro Rodolfo Guarnieri, autor da obra, presenteou o Presidente Alan Cury com a sétima gravura, que serviu de experimento para as gravuras definitivas.

Alan Cury com o Prefeito Jonas_Foto Luiz Granzotto_A
Visita de Pesquisadores de Aveiro-Portugal ao Prefeito_Foto Luiz Granzotto_E
Visita de Pesquisadores de Aveiro-Portugal ao Prefeito_Foto Luiz Granzotto_D
Visita de Pesquisadores de Aveiro-Portugal ao Prefeito_Foto Luiz Granzotto_C

Justificativa:

Fundado em 10 de outubro de 1957, o IAB Campinas nasceu da vontade e empenho do colega Umberto Aveniente, então Arquiteto da Prefeitura Municipal de Campinas.

Diante do desafio de projetar uma nova sede para a Administração Municipal, optou por convidar o IABsp a promover um Concurso Público Nacional de Ante-Projetos Arquitetônicos. Esta iniciativa foi muito bem-sucedida.

O IABsp convocou para banca julgadora os ilustres colegas Rino Levi e Afonso Reidy, além do próprio Umberto. Foram classificadas 6 equipes, e o ante-projeto vencedor foi de autoria dos colegas Rubens Carneiro Viana e Ricardo Sievers, com a seguinte lauda:

“Boa implantação do edifício no terreno. A solução adequada apresenta um conjunto singelo, harmonioso e imponente, adequado à sua finalidade. Orientação desfavorável do bloco do Executivo nos pavimentos elevados, tendo sido, todavia, previsto dispositivo de proteção. Flexibilidade e boa disposição dos serviços e circulações. Deficiências na distribuição dos serviços do Legislativo, de fácil correção. A simplicidade do partido adotado facilita eventuais correções internas.”

Estava assim, nascendo o Palácio dos Jequitibáso Paço Municipal de Campinas – Edifício retratado nesta belíssima obra-de-arte.

Dada a qualidade inquestionável dos participantes, e o interesse nacional por Campinas, o então presidente do IABsp, colega Ícaro de Castro Mello não poupou esforços para convencer Umberto a aceitar o desafio de fundar o IAB Campinas. Missão dada, missão cumprida! Umberto Aveniente se juntou a Aldo Zappellini, Dermival Siqueira, Hélio Bacci, Irineu Lürdes e Alberto Nasralla, para assim iniciar um importante capítulo na história do IAB Nacional. Anos se passaram, e grandes nomes fizeram parte das diretorias do IAB Campinas. O IAB Campinas é protagonista do desenvolvimento de Campinas, e não se furta em lutar por nossa cidade e profissão, sempre imbuído de ética e independência.

Sobre a Obra-de-Arte:

Escolhemos esta obra original, do Arquiteto e Ilustrador Campineiro Rodolfo Guarnieri.

Pintada usando exclusivamente café como matéria-prima (bebida típica brasileira), o Artista optou por uma estética mista de Croqui Arquitetônico e Aquarela In Loco, como as paisagens e Monumentos Arquitetônicos retratados pelos Mestres do passado.

Os diferentes tons amarelados, marrons e avermelhados são todos derivados de Café, não sendo usado nenhum outro pigmento. Para alcançar esse resultado, o Artista desenvolveu técnica própria, a qual guarda a sete chaves.

Esta série de desenhos e pinturas feitas em Café, denominada Coffeesketches, surgiu de brincadeira, com desenhos rápidos feitos nos “coffee breaks” de longas sessões de ilustração digital para Cinema e Publicidade.

 

Havia uma necessidade de “soltar a mão”, de modo livre, “sujo”, para aliviar a tensão. A medida que os desenhos foram sendo divulgados na Internet, a procura por encomendas cresceu e a serie adquiriu uma escala maior – e um tratamento mais cuidadoso.

Neste ano de 2014 decidiu levar essa série adiante, e tem produzido todos seus projetos pessoais utilizando-se desta técnica.

 

Sobre o Autor da Obra de Arte:

Rodolfo Guarnieri Batista, 35 anos, é formado em Arquitetura e Urbanismo pela PUC Campinas e Cinema e Animação pela London College of Communication. Tem especialização em diversas técnicas tradicionais e digitais. Morou 3 meses na Itália, onde estudou, a fundo, os Mestres Italianos das diferentes Escolas/Cidades.

Já trabalhou como Arquiteto Paisagista e Designer de Vitrais, e hoje é Ilustrador e Artista de Storyboard para Cinema e Publicidade. Não projeta como Arquiteto, mas a paixão pela Arquitetura ainda á mantida através de Perspectivas Artísticas encomendadas por grandes escritórios, e estudos de monumentos e edifícios clássicos, registrados em seu sketchbook de viagens.

O Portfolio completo do Artista se encontra em www.behance.net/rodolfoguarnieri

E a serie Coffee_sketches no aplicativo Instagram: @coffee_sketches

 Veja também a matéria do Site Catraca Livre, sobre o autor: https://queminova.catracalivre.com.br/instrui/ilustrador-usa-cafe-para-criar-verdadeiras-obras-de-arte/