IAB Campinas

Blog

10
ago

IAB define os temas que vão direcionar as discussões do UIA 2020 Rio

O IAB definiu, durante a 148ª Reunião de seu Conselho Superior (COSU), os cinco temas centrais do Congresso Mundial da União Internacional de Arquitetos, o UIA 2020 Rio, que levará, daqui a cinco anos, cerca 15 mil arquitetos e profissionais de outras áreas à capital fluminense.

São eles:

1) arquitetura e cultura – papel, responsabilidades, modos de produção;
2) arquitetura sem arquitetos, autoproduzida; cidade e ambiente;
3) urbanismo e o desenho da cidade;
4) urbanismo e o desenho da cidade;
5) metrópoles, cidades médias: infraestrutura e gestão.

A proposta do IAB é trabalhar os assuntos já nos principais eventos que antecedem o UIA 2020, como o Congresso Brasileiro de Arquitetos e Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, além de outros seminários preparatórios previstos para todo o Brasil.

A questão “arquitetura e cultura” visa a reconhecer o valor cultural da atividade, seja a partir das pré-existências, seja a partir das produções futuras. A autoconstrução da habitação tem lugar de destaque na discussão da arquitetura popular. Típica da realidade brasileira, essa modalidade de construção também é observada em outros países em desenvolvimento e é um desafio a ser superado do ponto de vista da implantação de infraestruturas.

A problematização das várias formas de ocupação do território e os impactos causados no meio ambiente também são preocupações da organização do Congresso, que se refletem na comunidade da arquitetura mundial. “As cidades abrigam mais de 50% da população mundial, que ocupam menos de 2% do território do planeta. No entanto, os centros urbanos concentram grande parte do impacto ambiental, que provém principalmente da geração de esgotos e da emissão de CO2 na atmosfera”, explica o presidente do IAB-RJ e diretor do UIA20202Rio, Pedro da Luz Moreira.

Através dos temas “urbanismo e o desenho da cidade” e “metrópoles, cidades médias: infraestrutura e gestão”, a proposta é discutir as características físicas e espaciais das cidades, bem como sua capacidade de sustentar economicamente a população, e a coesão e governança das cidades metropolitanas, além da importância das cidades médias na estruturação do desenvolvimento dos países.

Com o tema “Todos os Mundos. Um só mundo. Arquitetura 21”, o UIA2020Rio busca discutir a atual realidade urbana, expressa através da diversidade e da multiplicidade de formas de construção das cidades, e promover a reinserção da profissão no meio social. A expectativa da organização do Congresso é receber cerca de 15 mil arquitetos de todo o mundo.